Nhoque sem Culpa (com pouca culpa)

Salve galera, Saravá! Queria compartilhar uma receita que minha esposa aprendeu e que compartilhou comigo para o almoço deste domingo chuvoso.

Comecemos pelo preparo do Nhoque:

  • 3 batatas doce de tamanho médio (aprox. 3 xícaras de chá bem cheias)
  • 1 ovo inteiro (clara e gema)
  • Sal e pimenta a gosto
  • 1/2 xícara de polvilho doce
  • 1/2 xícara de farinha de trigo (ou fécula de batata; ou farinha de arroz)

Junta tudo e amassa até não conseguir mais ver a gema do ovo

Junta a batata amassada com ovo, sal e pimenta
Junta a batata amassada com ovo, sal e pimenta

Acrescente meia xícara de polvilho doce, com outra meia xícara de farinha de trigo, vá colocando a farinha e o polvilho aos poucos, até a massa começar a desgrudar das mãos.

Hora de usar as mãos
Hora de usar as mãos

Detalhe, quem tem problemas com Glúten, pode substituir a farinha de trigo por fécula de batata, ou farinha de arroz. E se quiser fazer uma receita ainda mais saudável, substitua a farinha de trigo branca por integral.

Depois que tiver soltando dos dedos, faça uma bola e separe

Não precisa descansar
Não precisa descansar

Corte em quatro pedaços, e agora vamos brincar de massa de modelar

photo44656136937385539

Ótimo momento para chamar as crianças para ajudar, se você tiver delas em casa. Mas peça para lavarem as mãos !!!

Corta tudo em pedaços pequenos, e reserva.

photo44656136937385536

A segunda parte deste prato é o molho e a “proteína”.

  • 300g de filé de peito de frango
  • Creme de leite (de castanha ou tradicional)
  • 1 xícara de cebola ralada
  • 1 xícara de alho poró cortado na transversal
  • 3 dentes de alho
  • 1/2 xicara de vinho branco seco

Antes de começar, teve um passo que foi necessário deixar preparando desde ontem. Hidrate 3 xícaras de castanha de caju crua durante toda a noite, depois bata no liquidificador (com um pouquinho de água) até virar um creme (este vai ser o nosso creme de leite). Ou use creme de leite mesmo, se não tiver nenhum intolerante a lactose por perto.

Corte 2 peitos (grandes) de frango sem pele (aprox. 300g), em tiras finas, e tempere com sal e pimenta a gosto.

Uma xícara de cebola (preferêncialmente roxa, mas neste caso eu só tinha a branca) cortada em cubos pequenos.

Um alho poró médio, fatiado fino na transversal (aprox. uma xíc.)

E três dentes de alho bem amassados.

Com um fio de azeite em uma panela antiaderente, doure os pedaços de frango até eles mudarem de cor (ficarem esbranquiçados), e separe (tire da panela).

photo44656136937385535

Na paneja que vc dourou o frango, com o que sobrou da gordura do frango e do azeite que ficou na panela, refolgue a cebola, os dentes de alho e alho poró.

photo44656136937385532

Quando o alho mudar de cor (ficar meio dourado), acrescente meia xícara de vinho branco seco, e deixe ferver um pouco (pra tirar o alcool do vinho, deixando apenas o aroma).

photo44656136937385540

Depois que ferver um pouco acrescente o creme de leite de castanha (ou o tradicional), junto com o frango refogado, e deixe o molho ferver um pouco para reduzir até o ponto que você mais gosta, mas cuidado para não queimar.

photo44656136937385538

Por fim, pra cozinhar o nhoque não tem segredo nenhum, ferva dois litros d’água em uma panela funda, vá colocando os nhoques na água fervendo e espere até eles boiarem. Assim que o nhoque sair do fundo da panela, retire com uma escumadeira e reserve. Não deixe ele boiando por muito tempo na água fervendo pra não ficar com uma consistencia muito dura.

photo44656136937385531

Sirva o frango ao molho de alho poró por cima do nhoque. Eu completei a apresentação com batata palha e queijo parmesão (baixa lactose).

Ficou “animal” demais. Ou como diz um apresentador de TV da atualidade – É um prato que eu comeria em quantidades absurdas.

Saravá, meu povo. Até a próxima!!!

Leave a Reply